1º Episódio de Rewrite

1º Episódio de Rewrite

Olá. Sou o Odnan, tradutor aqui do grupo. Por alguma razão, estou aqui escrever uma pequena review sobre o primeiro episódio do anime Rewrite. Antes de tudo, caso você não tenha lido nem ao menos uma rota do jogo, e tenha intenção de fazê-lo, não recomendo ver o anime ainda.

Rewrite… nem bem foi anunciada sua adaptação para anime, já dividia opiniões. O estúdio 8-bits, que anima Rewrite, já não tem lá uma reputação tão boa, e talvez tenha ficado ainda pior por ousar animar um dos gigantes da Key. Porém, vendo Romeo Tanaka, um dos autores da VN, cuidar pessoalmente dos roteiros do anime, os ânimos se acalmaram um pouco.

O primeiro episódio de Rewrite é um especial de uma hora. Me impressionei quando vi o episódio começar logo com as primeiras cenas de Moon, e achei linda a forma como ela foi feita: Kotarou acordando, saltando como se pudesse voar, ele sendo assassinado pela tal “fantasma”…

A seguir, são apresentados os personagens e algumas informações básicas sobre o ambiente em que se passa a história, a cidade de Kazamatsuri. Sendo uma cidade ecológica, cercada de verde, Kazamatsuri parece ser o ideal que a consciência ambiental atual quer alcançar. Mesmo assim, ela aparenta esconder segredos por trás dessa vitrine amistosa.

Falando sobre os personagens principais, Kotarou aparenta ser um garoto normal (tirando o harém aparente que ele vai ter, heh), mesmo escondendo um passado sombrio. Yoshino, o único “delinquente” da sala; Kotori, a amiga de infância; Chihaya, a estudante transferida; Lucia, a tsundere inflamável; e Shizuru, a quietona kouhai. Bem clichê, mas, se eles pudessem ser descritos em uma frase só como ironicamente tentei fazer, a VN não teria uma história tão magnífica.

Agora, a garota “fantasma”… nada se pode saber sobre ela, a não ser que ela gosta de morder o braço do protagonista, e de café. Mistérios…

Algo que não me deixou muito feliz com esse episódio foi que, mesmo com 1 hora de duração, ele pareceu “rushado”. O anime parecia ter pressa em introduzir todas as personagens e informações somente nesse único episódio, o que pode deixar as pessoas que não leram a novel bem confusas. Falando sobre a animação, o estúdio não é lá muito respeitado por ela, e infelizmente, no anime de Rewrite, isso não deixa de ser diferente. Mãos com dedos a mais, dinâmica de animação estranha, CGi que não combina com a animação 2D aparecem algumas vezes no decorrer do episódio. Outra coisa: mudaram a dubladora sexy da Nishikujou, droga… Até legal que colocaram ela como a professora da classe do Kotarou, mas eu até estava um pouco curioso para saber como era a professora da classe da VN.

Mesmo com esses defeitos, ver a Kotori sonâmbula segundo o barulho das moedas; a “fantasma” abocanhando o braço do Kotarou, a Chihaya presa na árvore (lol), a fofura da Shizuru (SÓ UM MINUTO E QUARENTA E SETE SEGUNDOS DE SHIZURU! EU PRECISO DE MAIS- *ahem*) e várias outras cenas que ainda vão ser animadas por esse anime já me deixam muito feliz. E saber que a história irá seguir um rumo original me deixa ainda mais ansioso pelo próximo episódio.

Difícil enjoar disso… bem difícil…

Ah, quem estiver esperando o patch completo, a tradução já está seguindo para sua reta final. Ainda falta a revisão e o QC, então, ele vai demorar mais um pouco para sair. Mas sua espera será recompensada, podem esperar.

Bom, até algum dia em que eu resolva escrever alguma coisa de novo…

Odnan