4º episódio de Rewrite 2

4º episódio de Rewrite 2

E FIIIIIINALMENTE CHEGAMOS NA ROTA TERRA! Seiya de Pégasus voltando mais uma vez com o meteoro semanal! Nosso amigão @Mat não apareceu desde que eu entrei no PC, então qualquer coisa eu edito os comentários dele depois.

Nevermind, os comentários do @Mat estão aí!

E então, o que acharam do episódio desta semana? Satisfeitos com a verdadeira personalidade, edgelord, Kotarou Tennouji? Ou, por mais óbvio que seja, sentir a sensação dele ser 10 anos mais velho que seu harém?

Como esse episódio foi essencialmente uma -nova- introdução, sendo o começo de uma nova rota, este post então será mais curto que o normal. Apenas deixarei alguns lembretes de coisas esquecíveis e minha opinião sobre o episódio.

Lembretes e comentários:

  • O animê abre com a cena do Kotarou conversando com o Luis! Pera…Luis? Sim, exatamente o que você está pensando. Ele é brasileiro! O jogo não tinha uma sprite dele, então vê-lo animado é uma felicidade. Ah, e aquela conversa inicial estranha deles era pra supostamente ser um inglês quebrado, explicando a forma que o Kotarou respondia.
  • Aquele grupinho que salvou nosso protagonista na floresta, lembra deles? Aquele carinha de monóculo e espada, sim, ele é o Esaka. E os outros? Lembram da cena da Shizuru e do Kotarou na barraca de comida? Sim, é aquela galerinha lá.
  • Na abertura, tem um carinha de cabelo vermelho e uma carinha de cabelo azul. A mulher é a professora que matriculou a Shizuru e a Lucia na escola, enquanto o de cabelo vermelho é o “delinquente” que ajuda o Kotarou quando ele compra uma câmera.
  • Epa, e aí Yoshino! Pera, é por isso que o Yoshino é daquele jeito!
  • Como vocês sabem, o Grupo Martel do Japão é apenas uma fachada da Gaia, e as palestras são doutrinações para recrutarem possíveis membros.
  • Como o Luis, finalmente descobrimos como são os pais do Kotarou.
  • Pais da Kotori estão vivos e inteiros, uhul!
  • Pero é importante 🙂
  • Por mais que não tenha sido explícito, sim, se você está assumindo algo sobre a planta, está indo bem.
  • Sim, o passado do Kotarou é o mesmo em todas as linhas do tempo e rotas até um certo ponto.
  • @Mat: Como podemos ver, o Kotarou não tem os poderes com aurora por não tem tido o fático encontro com a Kagari/por não se reescrever demais. A habilidade secundária dele é manipulação de sangue e seria sua habilidade primária se ele não tivesse o Rewrite.
  • @Mat: Há uma referência ao tema principal do Yoshino, DIS is a pain, na cena com o iPod do Kotarou. Especificamente, é um cover que faz parte do álbum Selene, “DIS is a Pain (Morbid Rock mix)”

 

Opniões sobre o episódio:

@Mat says:

No geral, foi um bom episódio, apesar do pacing rápido, a animação tava boa e ainda tivemos um familiar inteiro animado! Eu tenho esperanças de que vai ser uma boa adaptação da Terra. Ao menos, a OP e a ED são excelentes.

@Seiya says:

Queria que arrumassem esse CGI, mas a qualidade da animação e da arte melhorou muuuuuito. A adaptação foi meio rushada novamente, mas ela definitivamente pegou bem os feels da rota (novamente). Acho que poderiam ter adaptado a primeira conversa pra ser em inglês, mas gostei muito do episódio em geral.

8/10, ansioso pelo resto da adaptação (menos o CGI LOL)

[3º episódio][5º episódio]