Dungeon Defense Volume 1 – Capítulo 1 – 2 anos atrás

Dungeon Defense Volume 1 – Capítulo 1 – 2 anos atrás

Dungeon Defense: Volume 1 – Capítulo 1
Capítulo 1 – 2 anos atrás

Falando honestamente, minha vida já tinha acabado.

Se há algo que posso falar de já ter acabado nesta vida, isso seria meu pai. Meu pai era um verdadeiro lixo de homem.

Houve uma vez em que meu pai ficou bêbado e assediou uma garota. E nisso, uma estudante do médio. Mesmo estando perplexo com a situação, sendo meu pai, eu sabia que isso não seria estranho de acontecer.

“Se você tinha que sexualmente assediar alguém, por que tinha que ser uma estudante?”

“Garotas hoje em dia estão crescendo esplendidamente.”

Essa foi a resposta que recebi quando fui vê-lo.

Deixe-me me corrigir.

Meu pai não era apenas lixo, mas também desperdício alimentar.

“Aquela garota é cinco anos mais nova do que eu.”

“Só cinco anos? Você ainda está na faculdade?”

Meu pai franziu suas sobrancelhas.
Sua expressão estava realmente séria.

“Eu pensei que você tinha uns 41 anos.”

“Se você me olhasse direito saberia que tenho um rosto infantil.”

“Bahaha! Não me faça rir. Você tem um bigode desde criança.”

Se intenção de matar pudesse realmente matar.

A expressão do meu pai mudou e ele me fez um olhar preocupado.

“Sua mãe está realmente nervosa?”

“Qual mãe?”

Ligeiramente joguei um tempero.

“Há pelo menos 4 pessoas que posso chamar de mãe. Não tenho certeza de qual delas você está realmente se referindo.”

“Estou falando da sua mãe.”

Soltei um suspiro.

Direi isso agora.

Poligamia é crime.

Como se não fosse o suficiente ter um monte de amantes, mas também ter filhos aqui e ali. Isto é o pior, sem dúvidas.

A dita pessoa nessa posição pode não ligar.

Mas no ponto de vista da criança, eu queria me matar.
Mesmo depois dos quarenta, as mães continuaram a sangrenta competição e rixa sobre meu pai. Meu pai, sempre constantemente indeciso, nunca fez uma escolha.

Como resultado disso, aqueles que saíam no prejuízo eram as crianças. Os únicos se machucando na briga dentre mães eram nós, os pequenos inocentes.

‘Se você fosse mais inteligente, seu pai prestaria mais atenção em mim! Você vai ter que pegar primeiro lugar na escola não importa o quê!

Você tem ideia de como é escutar esse tipo de coisa todo dia? Apesar de que circunstâncias eram melhores para mim, já que sou homem. Minhas irmãs mais novas eram realmente lamentáveis. Para conseguirem nem que fosse apenas um pingo de afeição, elas bajulavam meu pai sempre que podiam.

Sendo alguém em posição que tinha que assistir isso acontecer sempre, a minha opinião sobre meu pai era a pior. A chance de algo bom sobre meu pai sair da minha boca seria o mesmo do impossível.

“Ouça com atenção. Vou te contar lentamente e exatamente o que você deve fazer a partir de agora. Nada de ruim aconteceu até agora por escutar meus conselhos, certo?”

“Com toda certeza. Estou preparado para ouvir seja o que você tiver para dizer.”

“Primeiramente, dê seu melhor para ficar na prisão pela maior quantidade de tempo possível e não sair.”

“Mm.”

Meu pai franziu as sobrancelhas.

“Isso é um pouco diferente do tipo de conselho que estava esperando.”

“Não saia da prisão e apenas fique aí para sempre. Até morrer. Se a palavra ‘libertação’ começar a flutuar por aí ou algo assim, não se prenda a ela. Termine sua vida lamentável dentro de uma cela.”

“Eu nunca duvidei que meu filho era obediente até agora, mas estou começando a ter minhas suspeitas. Filho, essa é realmente a melhor opção?”

“Minha mãe está tentando te matar.”

Silêncio.

Meu pai inclinou sua cabeça.

“Você está dizendo que ela está nervosa o suficiente, que talvez tente me matar?”

“Não. É exatamente o que eu disse. Ela está tentando te matar.”

“Coreano é bem difícil— está difícil de entender—”

“De acordo com o Dicionário Padrão da Língua Coreana criado pelo Departamento Nacional de Línguas, o verbo ‘matar’ tem onze significados. Dentro desses, estou usando o primeiro; minha mãe está realmente tentando te matar.”

“Posso perguntar qual é a definição do primeiro significado?”

“Para cessar ou acabar com a vida de alguém.”

“Foi uma vida sem esperanças ou sonhos…”

Meu pai pressionou sua cabeça em suas mãos.

Ele finalmente entendeu a seriedade da situação.

“Você ficou chamando minha mãe por um bom tempo com uma palavra estranha como ‘tsundere’, mas te direi isso agora. Minha mãe é uma ‘yandere’. Ressinta-se por ter casado com alguém que definitivamente não deveria mesmo já tendo múltiplas esposas.”

“Mas quando ela me olhava com aqueles olhos sanguinários, meu corpo tremia… Esse é o charme dela!”

“Seria ótimo se você morresse logo.”

Murmurei involuntariamente.

Eu não acredito em Deus. Há apenas uma razão nisso. Se Deus realmente existisse, então o homem diante de mim já teria sido julgado há muito tempo. Meu pai é uma pessoa satânica, uma germe infeccioso que transformava as pessoas ao seu redor em ateístas. Eu chamo isso de ‘Vírus do Humano Lixo’.

“Eu não sabia que ela era uma estudante do médio em primeiro lugar. Não, eu apertei a bunda daquela pessoa sem ao menos saber que era uma mulher. É injusto.”

“Então você levantou a saia achando que era um homem? Parabéns. É afortunador que você finalmente conseguiu descobrir sua preferência sexual nessa idade. Se você tivesse percebido 25 anos mais cedo, então o mundo poderia ser mais pacífico, famílias poderiam ser mais tranquilas, e minha vida muito mais fácil.”

“Eu bebi 7 garrafas de soju, então não estava sano.”

“Você já foi sano?”

Levantei-me da cadeira.

Falei mal-humorado enquanto olhando para meu pai.

“Nunca mencione álcool na corte. Há a possibilidade deles encurtarem sua sentença se considerarem isso. O dia que você sair da prisão será o dia em que minha mãe estará te esperando com uma faca.”

“Meu amado filho…”

“Sim? Vá em frente e fale, meu não tão amado pai.”

“Você deve fazer boas escolhas na vida.”

Bufei.

“Soa incrivelmente persuasivo vindo de você.”

“Não é?”

“Virei visitar sempre que tiver tempo, então tenha certeza de se comportar.”

Não importa de que ponto de vista, meu pai era uma falha de marido.

Não há espaço para simpatia.

Entretanto, ele não era uma falha como um pai. Começando comigo, meus 6 irmãos e eu conseguimos viver vidas prósperas. Isso é uma incrível conquista. Também, conforme uma pessoa vive sua vida, seja como marido ou parente, contanto que elas sejam sucedidos em ao menos uma categoria, eu acho que são admiráveis. Essa minha filosofia ainda não mudou.

Continue preso para sempre.

Meu pai contentemente escutou meu último conselho.

E no final, aconteceu.

Quatro dias depois meu pai faleceu de ataque cardíaco.

“Estou realmente cansado…”

Depois de organizar minhas caixas e mobília, deitei na cama.

Esse último mês foi um inferno. Não estou brincando. Se um demônio tivesse visto minha figura deplorável e miserável, até eles sentiriam tamanha simpatia que acabariam ascendendo como anjos.

Estalei meus dedos um por um.

“O funeral terminou. Organizei todos os imóveis. Repassei os fundos…”

Eu me desfiz de qualquer coisa desnecessária para minha vida.

Desistir da herança.

Eu joguei essa bomba assim que meu pai faleceu.

Minha mãe desmaiou e meus meio-irmãos fizeram um escândalo. Minha segunda meia-irmã foi especialmente terrível. Ela se agarrou em mim até minhas calças rasgarem. Entretanto, minha determinação estava firme como a neve amontoada no topo das montanhas do Himalaia. Acelere o aquecimento global por 600 anos se realmente quiser quebrar minha teimosia. Infelizmente, minhas mães e irmãos não têm capacidade suficiente de imediatamente aumentar a quantidade de dióxido de carbono exausto pelo mundo por setenta vezes mais do atual.

‘Se o irmão se aposentar, estaremos todos arruinados!’

‘O mano é um idiota estúpido!’

‘Nunca mais vou entrar em contato com você!’

Finalmente, quando minha segunda meia-irmã mais nova desistiu, eu escapei.

Ufa.

Um sorriso de satisfação se formou em meu rosto.

Para viver o resto de sua vida é viver livre das preocupações do mundo. Não há motivos em pretender ser alguém que você não é e comprar coisas como se fosse da alta nobreza. Estou muito ocupado para gastar dinheiro que nem maluco nas coisas. Enquanto alguns de meus irmãos estão felizes que se tornaram chefe de uma empresa numa idade tão jovem, minha segunda meia-irmã mais nova declarou— ‘Mesmo se rasgarmos a orelha dele, não podemos deixá-lo ir! Nossa família entrará em ruínas em 6 anos sem ele!’, —no qual simpatizei, pois sabia que estava certa.

“Certo, lidei com tudo. Finalmente estou livre…!”

Obrigado, pai.

Por falecer num momento apropriado.

Este honesto sentimento pode ser incrivelmente indecente e imoral para se dizer ao seu próprio parente, e pesou em minha consciência por 1 miligrama, mas considerando a quantidade de porcaria que ele deixou na minha vida, esse pouco de consciência restante aparentemente sumiu por conta própria.

Mesmo se eu morrer, nunca me esquecerei do momento em que ele usou seu próprio filho como escudo para se proteger de uma facada da minha mãe (uma dolorosa memória de verão do meu segundo ano do primário).

Considerando tudo, eu já ganhei no jogo da vida.

Atualmente, na minha conta bancária há um grande depósito com mais de quinhentos milhões de wons. (Nota: aproximadamente R$1.350.000,00 com valor de R$3.13/dólar)

Só porque desisti da minha herança não significa que não enchi meus bolsos. Posso aproveitar o restante da minha vida sem nunca mais precisar trabalhar.

Sim.

Não toda minha vida, mas o que sobra dela.

Eu não digo no sentido de continuar vivendo, mas apenas do que resta. Eu puramente desejei apenas por isto.

Levantei-me da cama, e com um pincel escrevi um grande manuscrito em um pedaço de pergaminho.

Pelos próximos 50 anos, essas serão as regras que me guiarão pelo restante da minha vida.

┌                                                ┐
1. Não trabalhe.
2. Não faça amigos.
3. Não casar.
└                                               ┘

“…lindo.”

Estou comovido pelo meu próprio manuscrito.

Pergunto-me se quando Pitágoras descobriu as leis da matemática também sentiu-se profundamente comovido como estou agora.

Primeiro, não trabalhe.
Isso era estupidamente óbvio.
Fiquei sabendo que há pessoas no mundo que gostam de desfrutar dos resultados de seus trabalhos em suas vidas. Felizmente, não sou um desses masoquistas pervertidos.

Segundo, não faça amigos.
Isso também era óbvio.
Há apenas traidores e potenciais traidores neste mundo. Amizade é apenas um vago sonho, uma imagem virtuosa, uma fantasia. Não aceitarei quaisquer contra-argumento.

Terceiro, não casar.
—isso é importante.
Meu pai se relacionou com cinco mulheres. Depois de assistir um drama de romance desde criança, ao vivo, estrelando 6 pessoas, cheguei a uma grave e séria conclusão.
Casamento é um ato de insanidade.
Algo como amor verdadeiro é comparável a esterco de cavalo.
Amor é apenas uma técnica de assassinar surpreendentemente gentil. Como prova tal desejo possessivo e sexual.

Claro, veteranos da sociedade podem ter uma opinião diferente da minha. Tudo bem. Sintam-se satisfeitos com suas belas e resplandecentes vidas de casado. Porém, se talvez, só talvez, vocês se divorciarem….comparado a suas vidas de casado, dias muito mais belos estarão lhe aguardando. Eu garanto. Vocês têm minha palavra. Para começar, o perigo de ser esfaqueado desaparece. Isso sozinho já parece ser de grande benefício, não acham?

Sim.

Sou um humano pessimista.

Eu não era assim no começo, acredite.

Originalmente, eu era bem positivo. O mundo era lindo e a justiça em meu peito pulsava como um peixe recém-fisgado. Para ser específico, eu era assim até um mês atrás. Porém, depois de ter testemunhado minhas mães fazerem um deathmatch de 1:1:1:1 no meio do funeral, eu educadamente reciclei meus sonhos e esperanças no lixo.

É isso. O mundo é trágico. Mesmo se você se sentir contrariado, o que podemos fazer? Essa é a verdade. A taxa de dióxido de carbono exausto não vai descer, a China controlará a capital do mundo todo, Justin Bieber receberá um Prêmio Nobel de Literatura…, e em 122 anos você estará morto, eu estarei morto, todos estaremos mortos.

Oh, também te contarei isso por ocasião; aquele seu animal de estimação adorável será atropelado pela roda frontal de uma bicicleta e morrerá…Desculpe-me te contar as notícias, mas o que você pode fazer? Essa é a verdade.

Beba uma cerveja se não aguentar mais ficar deprimido.

Para começar minha vida sem preocupações, fui até uma loja de conveniência e comprei 60 latas de cerveja.

A empregada de meio-período da loja de conveniência me olhou como se estivesse perguntando ‘Com licença, não é da minha conta, mas sua vida está bem deste jeito?’. Eu agradeci a consideração profunda da garota e despreocupadamente passei o cartão.

E daí?

Meu cartão tem malditos quinhentos milhões de wons. Quinhentos milhões de wons é poder!

Tome isso! Se você tem algum problema, venha até mim!

‘Filho’

‘Seja o que você escolher’

‘Seja o que você escolher, você deve escolher melhor do que eu—’

Me pergunto se é por causa da cerveja.

Relembrei algo desagradável.

Uma espécie de trauma.

Abri a segunda lata de cerveja e murmurei.

“Consegui fugir, pai.”

Essas foram minhas últimas palavras para meu pai.

Permaneci no canto da minha casa e não saí.

Adeus, trabalho.

Adeus, mundo.

Estou indo para o mundo além do monitor.

Adieu.

—dois meses passaram em um piscar de olhos.

Zerei os jogos de computador que não consegui apreciar pelos últimos 4 anos.

“Isso é vida…”

Fui silenciosamente comovido ao ponto de lacrimejar.

Estive comendo apenas marmitas de lojas de conveniência, então minha figura atual estava começando a se aproximar de um homosapien gorilla.

Lixo estava amontoado em todas as direções.

A mesa com meu monitor estava especialmente impressionante.

O Império dos Cup Ramens Vazios e A República das Latas de Cerveja Vazias estavam conquistando a mesa-continente, e estavam tendo sua própria guerra mundial enquanto traçavam uma variedade de bordas nacionais geométricas. Neste mundo é o que posso ser chamado de Deus absoluto. Se está desfavorável para o Império, então adicionarei um cup ramen. Se está desfavorável para a República, então adicionarei uma lata de cerveja. Não seria exagero dizer que o equilíbrio podia ser mantido no continente graças a mim…

Naquele momento, uma notificação apareceu no meu monitor.

-piin~

Um email chegou.

Movo meu mouse e clico para checar.

 

Obrigado por gostar do jogo da nossa empresa, Dungeon Attack. Estamos fazendo um questionário com o intuito de melhorar para a próxima expansão. Participantes ganharão a chance de se tornar um beta tester para a próxima quota!

 

Meu endereço de email provavelmente foi inscrito quando comprei o jogo.

Logo quando ia deletar o email, hesitei.

“Hhm, próxima expansão.”

Um RPG padrão de calabouços, Dungeon Attack.

Foi um dos jogos que curti durante estes dois meses.

Torne-se um Herói e derrote os Lordes Demônios.

A dificuldade era um certo estranho, então foi incrivelmente desafiador. Primeira tentativa e mal consegui derrotar o chefão da metade do jogo. Segunda tentativa, terceira tentativa, e finalmente na décima sexta tentativa, consegui derrotar o chefão final por pouco depois de um grind tedioso. [NT: tentativa = “run”]

Não há trabalho em grindar. [NT: grindar é um termo de RPGs, não há um equivalente em PT-BR]

Meu herói ficava mais forte a cada tentativa.

Na perspectiva dos NPCs, eu provavelmente parecia como uma fraude e um trapaceiro, mas o que podemos fazer? A vida é irracional desde o início.

Alguns começam a vida com stats mais alto e outros não.

—clica.

Aceitei o questionário com um clique. Provavelmente vai me perguntar coisas como; se a dificuldade era sensata, se houve alguma inconveniência com a interface, perguntas chatas como essas. De qualquer maneira, eu me diverti com Dungeon Attack por um bom tempo. Vou cooperar.

Uma nova página se abriu no meu monitor.

 

[1. No final das contas, prefiro garotinhas!]

[2. No final das contas, prefiro mulheres maduras!]

 

“…”

Uma Sra.Pergunta selvagem apareceu!

Recomponho minha mente que se perdeu por um momento.

Que isso, uma piada? Perguntas sérias vão aparecer depois disso?

Depois de pensar por um momento, escolhi a segunda escolha. Se você é alguém com senso comum, então a única escolha apropriada seria a segunda. Pessoal, complexo por lolis é uma doença mental.

Na tela branca apareceu a segunda pergunta.

 

[1. No final das contas, eu fico excitado quando alguém me bate…!]

[2. No final das contas, eu fico excitado quando bato em alguém…!]

 

“Que tipo de questionário é este!?”

Eu gritei para o monitor.

As reticências e o ponto de exclamação no final fazem as frases parecerem desnecessariamente vivas. Parece que você está confessando seus fetiches, não é…!

Eu encarei o monitor com um olhar de desgosto.

Escolhi a segunda opção por agora. Apanhar ou bater. Se eu posso escolher entre ambos, então a única opção seria a segunda. Ouvi dizer que há um grupo de pessoas no mundo que sentem prazer por sentirem dor, mas graças a deus não sou um pervertido.

 

[1. Prefiro uma dificuldade baixa.]

[2. Prefiro uma dificuldade alta.]

 

Depois disso foram apenas perguntas normais.

Eles provavelmente colocaram essas perguntas no começo para chamarem atenção dos questionados.

Elogiar que foram espertos, ou reclamar que pensaram demais para este questionário.

 

[1. Eu resolvo meus problemas com força.]

[2. Eu resolvo meus problemas com sabedoria.]

 

Escolho a segunda opção sem nenhuma hesitação.

Eu deixei de tentar resolver meus problemas através da força desde que apanhei de uma garota que sentava do meu lado na pré-escola. Pessoas chamam humanos como eu de ‘pacifista refinado’.

 

[1. Sou beneficiado guardando os segredos dos outros.]

[2. Sou beneficiado usando os segredos dos outros.]

 

E novamente escolho a segunda opção sem hesitação.

Durante a pré-escola, uma vez que obtive a informação que a garota que sentava do meu lado molhava a cama toda manhã, tirei o máximo de vantagem possível. Depois de fazer isso acabei aprendendo a grandeza da informação. Estudos diplomáticos chamam esse tipo de política de ‘neutralidade armada’.

 

[1. Amizade significa irem juntos em direção de um mesmo objetivo.]

[2. Amizade significa um amigo que ainda não te traiu.]

 

Ooh. Não sei quem foi, mas precisamos dar uma salva de palmas para o responsável da segunda opção.

Agora que parei para pensar, escolhi apenas a segunda opção até agora. Isso deve significar que a primeira opção direciona para anormal, e a segunda opção para normal.

Acho que foi depois de umas trinta perguntas.

Uma pergunta com um formato diferente apareceu pela primeira vez.

 

[Você sabe como o mundo acaba?] 

[Sim]

[Não]

 

Eu parei meu mouse.

…é uma questão propositalmente abstrata.

É uma frase que apenas os jogadores que fielmente jogaram o jogo conseguiriam entender.

Dungeon Attack.

O Herói subjuga os Lordes Demônios.

Uma estrutura simples.

Porém…no final, o mundo provavelmente é destruído. A razão porque usei “provavelmente” é simples. Depois de terminar o jogo, ele não te faz o favor de contar o que acontece com ele. Isso é só uma conclusão que cheguei por conta própria enquanto fazia a campanha.

Em Dungeon Attack, Lordes Demônios são donos de energia mágica, existências com uma quantidade massiva de energia mágica condensada. O que aconteceria se todas essas existências morressem?

Energia mágica iria transbordar.

Como se vários reservatórios colapsassem ao mesmo tempo e causasse uma inundação.

O Herói matou os Lordes Demônios para proteger a humanidade, e o equilíbrio da energia mágica colapsou em resultado, então, contrariando essas intenções, causando o fim da humanidade e a destruição do mundo…

Foi isso que eu considerei ser o ‘verdadeiro final’ do jogo.

Muito obrigado, protagonista.

Muito obrigado, jogador.

Porém, devemos nos desculpar, pois o mundo foi destruído graças aos seus esforços.

Sem esperança ou sonhos.

Foi por isso que gostei.

Um mundo com perspectiva pessimista…como eu gosto.

Falei ‘sim’ e cliquei.

Como se estivesse calculando algo, demorou um tempo até a próxima pergunta aparecer.

A frase que apareceu foi novamente abstrata.

 

[Se fosse você, conseguiria mudar o final?]

 

Me pergunto.

Proteger a humanidade e não matar demônios.

Em outras palavras, trazer a paz entre as duas raças.

De acordo com o enredo, humanos e demônios estiveram guerrilhando entre si por quase 3000 anos. Seria provavelmente mais fácil fazer o líder do Estado Islâmico reconciliar com o presidente dos Estados Unidos da América.

Será que sou capaz disso…

Comecei a pensar.

E pensei ainda mais.

E…

 

[Sim]

 

O som de um clique ecoou, e ao mesmo tempo.

“…!”

Uma forte luz branca brilhou da tela do meu monitor.

Esse foi o último cenário que consigo lembrar.

O som de um sino tocou em algum lugar. Não, pode ter sido o som de uma explosão. A sensação do mundo ao meu redor sendo revirado— como se meu crânio estivesse se expandindo em todas as direções.

Meus ouvidos ensurdeceram e tudo pareceu distante.

Minha visão continuou piscando.

Eu não conseguia controlar minhas pálpebras.

Como se alguém estivesse abrindo-as e fechando-as por mim.

Eu perdi minha consciência.

Então.

Então…

 

[O tutorial começará agora.]

[Dificuldade ajustada para LUNÁTICO (maior dificuldade possível).]

[COMEÇAR]

 

E então abri meus olhos.

 

 

[Prólogo]           [Índice]          [Próximo Capítulo]